Elis Regina
  

VOLTEIII!!!DEPOIS DE ANOS(literalmente) sem postar nada no meu único blog...não resisti a saudade do Brasil e voltei.. 

Montreux...Tá aí poucas fotos de um dos meus shows favoritos de Elis

É uma pena que  não dê pra colocar pelo menos uns pedaçõs do vídeo aqui.De qualquer forma, quem quiser dá pra sentir um gostinho pelo http://www.youtube.com/results?search_query=Elis+Regina++Montreux.. ok?

"De repente, você está naquele palco, naquele lugar. Isso supera o racional. Você fica em estado de choque. Fui empurrada para o palco. Tive uma crise de catatonia, catalepsia, sei lá que "ia", qualquer dessas aí. Fiquei parada e o André (Midani) me falou: "Vai." E eu não reagia. Não conseguia falar, a perna não mexia, estava gelada. Não sabia o que fazer e a minha mão dormiu. Você calcula a piração em que eu estava naquela hora? Estava tudo tão embolado na minha cabeça..."



Escrito por Natasha Barreto às 02h04
[] [envie esta mensagem]


 
  

FOLHETIM - Agora, e sobre as feministas?
ELIS REGINA -
Tem o seguinte: o movimento feminista procura a emancipação da mulher. Eu fui uma mulher emancipada aos 14 anos de idade, e pelo meu próprio pai, que de "chauvinista" tem tudo e talvez por isso tenha me emancipado. Não é uma boa? Então, eu acho que na minha cabeça está tudo. Eu trabalho. Sei das dificuldades que uma mulher participante e atuante e que pensa tem. Quando senta numa mesa pra deliberar, nunca é olhada com a mesma seriedade. Mas é tudo uma questão de colocação. Podem não te olhar com seriedade cinco minutos, mas, se a conversa durar duas horas, daqui a pouco tem que estar falando de igual para igual. Afinal, qual é a diferença? Se uma coisa foi feita pra encaixar na outra, é tudo igual. Depois, tem outro lance aí. Eu acho que não está muito diferente a situação da mulher e a situação do homem, hoje em dia. Eu não sei porque, de repente sai todo mundo esbravejando: porque os homens, porque os homens. Esses homens "chauvinistas", machistas e supercomandados pelo esquema paternalista foram criados, gerados, alimentados, comandados e educados por mulheres que aceitavam isso. Então, o cara não tem a culpa sozinho, sabe? O meu irmão conseguiu dar o pinote quando ele saiu de casa, porque enquanto ele estava dentro de casa ele era um saco. Ele era o meu pai tudo de novo. Casou com uma mulher com a cabecinha toda certa, e ele troca fralda, e não se sente diminuído por isso. Eles dividem as responsabilidades da casa, do trabalho, do dinheiro, do carro, da moto, de tudo, sabe? Ali é uma comunidade, não tem homem, não tem mulher. São dois amigos que moram juntos. E são duas pessoas profundamente solidárias, que é uma coisa que eu não vejo em 80% dos homens brasileiros, a solidariedade. Sempre o homem é o que fica mais doente, o resfriado nele pega mais forte. Mas isso aí é resultado do quê? Da mamãe, da vovó, não é culpa deles. Mas tem que haver essa mulher chata que a gente é hoje em dia, pra falar assim: malandro, tu está cansado, mas eu também trabalhei até agora. Como é que é? Tudo numa boa. Não pode chegar, pegar uma foice e decapitar o cara só porque ele é homem. Ele é homem que foi filho de uma mulher.

1979(Folhetin)



Escrito por Natasha Barreto às 14h35
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Ilha do , Mulher, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Música, Arte e cultura
MSN - natashabarreto@hotma


HISTÓRICO
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 02/05/2004 a 08/05/2004
 04/04/2004 a 10/04/2004
 21/03/2004 a 27/03/2004
 22/02/2004 a 28/02/2004
 08/02/2004 a 14/02/2004
 01/02/2004 a 07/02/2004
 25/01/2004 a 31/01/2004
 18/01/2004 a 24/01/2004



OUTROS SITES
 Fórum da Elis Regina
 Elis "vive"
 Na Mémoria - Elis Regina
 Fotolog
 Blog da Cris Passinato - Muito rico em vídeos
 Blog do Danilo


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!